Campos já investiga se pacientes locais possuem novas variantes do coronavírus Pacientes em UTIs passam por exame. Novos protocolos de segurança também serão criados e publica
23/02/2021 13:50 em Novidades

Aconteceu nesta segunda-feira (22) mais uma reunião do Gabinete de Crise de Combate a Covid 19. O subsecretário de Atenção Básica, Vigilância e Promoção da Saúde, Charbell Kury, informou que Campos vai continuar na fase amarela e que a ocupação de leitos de UTI para Covid está em 30% e os clínicos em 20%. Duas novidades foram anunciadas: a criação de novos protocolos de segurança, cuja publicação acontece nos próximos dias, e a implantação da "Vigilância Sentinela", que se trata da investigação se pacientes de Covid internados em UTIs de hospitais da cidade possuem as novas variantes do vírus. São casos de pacientes que tenham histórico de viagem ou contato com pessoas oriundas de outros estados e/ou países com circulação de novas variantes.

 

“Esse é um excelente número, mas devemos continuar em alerta devido às aglomerações ocorridas durante o Carnaval, especialmente nas cidades vizinhas, onde muitos campistas também frequentam e, ainda, a nova variante do vírus presente no Brasil, o P1”, lembra o subsecretário.

 

Novos protocolos de segurança “regras da vida” estão sendo criados para outras áreas, a exemplo das escolas, museus e salões de festa. Eles devem ser publicados em breve no Diário Oficial do Município. “Precisamos aproveitar esse momento, continuar cumprindo as regras e assim podermos recuperar a economia local”, alerta Kury.

 

A fim de manter os números de ocupação dos leitos baixos, Charbell informou que, além dos novos protocolos, está sendo criada a Vigilância Sentinela, onde todas as pessoas internadas em leitos de UTI vão passar por exames, a fim de sequenciar o coronavírus e, dessa forma, verificar se a nova variante está circulando na cidade. (leia mais abaixo)

 

FLEXIBILIZAÇÃO - A partir desta semana, o estacionamento da Orla de Farol de São Thomé vai ser liberado. Desde janeiro estava proibido estacionar durante toda a extensão da orla.

 

Estiveram presentes, além de Charbel Kury, a diretora da Vigilância Sanitária, Vera Cardoso de Melo; o Superintendente do Hospital Geral de Guarus (HGG), Vitor Mussi; e o Superintendente do Hospital Ferreira Machado (HFM), Arthur Borges.

 

 

FONTE: https://campos24horas.com.br/noticias/

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE